Coronavírus Brasil _ Coronavírus (COVID-19)

Nome original: COVID-19 | Series | 2020
dublado IMDb 10 Coronavírus Brasil _ Coronavírus (COVID-19)
Informações do Arquivo
  • Período de incubação
  • De 2 a 14 dias
  • Período de Transmissibilidade
  • De uma forma geral, a transmissão viral ocorre apenas enquanto persistirem os sintomas É possível a transmissão viral após a resolução dos sintomas, mas a duração do período de transmissibilidade é desconhecido para o SARS-CoV e o MERS-CoV. Durante o período de incubação e casos assintomáticos não são contagiosos.
  • Transmissão inter-humana
  • Todos os coronavírus são transmitidos de pessoa a pessoa, incluindo os SARS-CoV, porém sem transmissão sustentada. Com relação ao MERS-CoV, existem a OMS considera que há atualmente evidência bem documentada de transmissão de pessoa a pessoa, porém sem evidencias de que ocorra transmissão sustentada.
  • Modo de Transmissão
  • De uma forma geral, a principal forma de transmissão dos coronavírus se dá por contato próximo* de pessoa a pessoa.
  • * Definição de contato próximo: Qualquer pessoa que cuidou do paciente, incluindo profissionais de saúde ou membro da família; que tenha tido contato físico com o paciente; tenha permanecido no mesmo local que o paciente doente (ex.: morado junto ou visitado).
  • Fonte de infecção
  • A maioria dos coronavírus geralmente infectam apenas uma espécie animal ou, pelo menos um pequeno número de espécies proximamente relacionadas. Porém, alguns coronavírus, como o SARS-CoV podem infectar pessoas e animais. O reservatório animal para o SARS-CoV é incerto, mas parece estar relacionado com morcegos. Também existe a probabilidade de haver um reservatório animal para o MERS-CoV que foi isolado de camelos e de morcegos.
Sinopse
O coronavírus (COVID-19) se caracteriza por sintomas leves, como nariz escorrendo, dor de garganta, tosse e febre. A doença pode ser mais grave para algumas pessoas, causando pneumonia ou dificuldade para respirar.Em casos mais raros, ela pode ser fatal. Idosos e pessoas com outras condições médicas (como asma, diabetes e doença cardíaca) são mais vulneráveis a quadros graves.
Possíveis sintomas:
Nariz escorrendo
Dor de garganta
Tosse
Febre
Dificuldade para respirar (em casos graves)
PREVENÇÃO 
Atualmente, não há uma vacina para prevenir o coronavírus (COVID-19).

Para diminuir o risco de infecção, faça o seguinte:
Limpe as mãos frequentemente com álcool gel ou água e sabão.
Cubra o nariz e a boca com um lenço ou o cotovelo ao tossir e espirrar.
Evite ficar muito perto (um metro) de pessoas com sintomas semelhantes a um resfriado ou gripe.

TRATAMENTO

Não há nenhum medicamento específico para tratar ou prevenir o coronavírus (COVID-19). Algumas pessoas podem precisar da ajuda de aparelhos para respirar.
Se você apresentar sintomas leves, fique em casa até se recuperar. Para aliviar os sintomas:
descanse e durma;
mantenha o corpo aquecido;
beba bastante líquido;
use um umidificador de ar ou tome um banho quente para aliviar a tosse e a dor de garganta.

O número de óbitos pelo novo coronavírus no Brasil continua a subir e chegou a 18 neste sábado (21/3). As mortes pela Covid-19 se concentram no estado de São Paulo, onde há 15 óbitos, e no Rio de Janeiro, onde estão localizados as outras três vítimas.

Até a sexta-feira, o Ministério da Saúde registrava 11 óbitos. No entanto, no início deste sábado, novas atualizações dos dois estados fizeram com que esse número subisse. Das sete novas vítimas, seis são de São Paulo. Do total de 15 óbitos no estado, 14 estavam internados em hospitais privados e um em público.

Os seis pacientes que faleceram de sexta para sábado eram do grupo de risco. Quatro mulheres idosas estão entre as vítimas. Além delas, um idoso de 90 anos e um homem de 49 anos com tuberculose completam o grupo.

Terceira vítima no Rio

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro confirmou o terceiro óbito em decorrência do novo coronavírus no estado. A terceira vítima no estado é um idoso, morador de Petrópolis.

De acordo com os especialistas, o número de casos confirmados e óbitos deve subir nas próximas semanas e deve atingir o ápice no fim de abril. Dessa forma, as medidas de restrição social são essenciais neste momento, argumentam.

Devido à situação, o Governo de São Paulo decretará quarentena a partir da próxima terça-feira (24/3) em todo o estado. O coordenador do centro de contingência contra o coronavírus em São Paulo, David Uip, pediu para que a população siga as medidas indicadas pelo governo. “Levem a sério essa pandemia. Isto não é brincadeira e nem férias. Tem bairros que parece que o dia a dia não mudou”, pontuou.

  • País de Origem
    BRASIL
  • Visualizações
    199 acessos

Filmes Relacionados